Belém

Estamos um pouco atrasados nas postagens, afinal, já estamos em Barcelona a 4 dias e ainda estamos falando de Lisboa.. hehe. Mas digo para vocês, não é fácil fazer tanta coisa num dia só. A maioria das vezes não sobra tempo/disposição para atualizar o blog. Aqui é horário de verão, portanto, quando é 9 horas da noite é que começa a escurecer, enquanto isso, estamos pela rua visitiando os pontos turísticos.

Mas enfim, vamos ao que interessa: Lisboa, terceiro dia.

Nesse dia visitamos o bairro de Belém. Nesse bairro há alguns dos mais interessantes e conhecidos pontos da cidade, entre eles: Monumento aos Descobrimentos, Torre de Belém, Mosteiro dos Jerônimos e o famoso Pastel de Belém. Logicamente, fomos em todos e acrescentamos ainda o Museu dos Coches, que foi uma ótima experiência.

MONUMENTO AOS DESCOBRIDORES:

Foi construído em 1960 para marcar os 500 anos da morte de D. Henrique, o navegador. O monumento fica a margem do rio Tejo, possui 52 metros de altura, e mostra as figuras de marinheiros, patronos reais e navegadores que participaram da Era dos Descobrimentos. Há um elevador (pago) para subir até o terraço, mas não achamos que valeria muito a pena.

TORRE DE BELÉM

Como li anteriormente, a Torre de Belém é muito mais bonita por fora que por dentro. Também é o tipo de monumento que você tem que pagar para entrar. Como tinhamos o Lisboa Card – que por sinal vale muito a pena – a entrada foi gratuíta. A Torre foi construída entre 1515 e 1521 (bem na época em que o Brasil estava começando a ser povoado) como fortaleza e era o ponto de partida para os navegadores dos descobrimentos.  Antigamente ela ficava num ístimo no meio do Tejo,  hoje em dia, com o aterro da margem, ela está junto ao continente. Para subir na Torre, o único acesso é uma escada em caracol para 1 pessoa. Quando resolvemos descer do último andar da Torre, ‘275 pessoas’ estavam subindo, numa conta só, eu e o Caio nos encontrávamos exatamente no meio do andar, sem chance de subir nem descer, ficamos “presos” e morrendo de raiva daquela fila imensa que não acabava nunca. Só saímos de lá porque um francês bem do estúpido, passou na nossa frente e foi tirando o povo  do meio do caminho.

MUSEU NACIONAL DOS COCHES

Esse museu foi muito intessante, uma coleção de Coches, carruagens reais e cabriolés. O mais antigo dos coches pertenceu ao rei Filipe II da Espanha, do século XVII. Os mais impressionantes foram os coches feitos para o delegação do Papa Clemente, cobertos de ouros, veludo vermelho e estátuas em tamanho real. Há também o coche que pertenceu a Carlota Joaquina, princesa do Brasil, e algumas malas e baús que pertenceram a família real portuguesa quando fugiram para o Brasil.

MOSTEIRO DOS JERÔNIMOS

Esse mosteiro é realmente impressionante e belo. A arquitetura externa é cheia de detalhes e decorações. Pode se dizer que foi gasto muito dinheiro para construí-lo. hehe

A catedral, em estilo gótico e manuelino é gigantesca e linda. Pode-se ficar horas ali absorvendo a beleza do local. O mosteiro é um monumento à riqueza da Era dos Descobrimentos. Foi encomendado por D. Manuel I em 1501 para ser o seu mausoléu pessoal. Ali estão enterrados os corpos de D. Manuel I, D. Maria, D. João III e D. Catarina. O templo foi construído especialmente para abrigar os restos mortais desses reis e rainhas. O que nos deixou indignado foi que os monges que ali estavam eram obrigados a cumprir um programa diário de orações pelas almas dos reis defuntos e seus familiares.

Nessa catedral estão os túmulos do navegador Vasco da Gama e do Poeta Luiz de Camões.

Túmulo de Vasco da Gama

Túmulo de Luiz de Camões

 Tem mais coisas sobre o Bairro de Belém e o Mosteiro de Jerônimos que falaremos no próximo post.

Até breve.

4 comentários sobre “Belém

  1. flavia disse:

    Daisy,não perca as preciosas horas de sono,para colocar as fots… faz s´ó o uma amostra depois qdo voltares completas com os detalhes.Quem aprecia,espera pelas tuas informações mais tarde, com certeza..Abraço,Flavia

  2. Saska disse:

    OIeeeeeeee
    Essa Torre de Belém é muito linda… nas minhas tentativas de ser artista, pintei um quadro da Torre de Belem em porcelana, até que não ficou feio…rsss

    Bjosssssssss p vcs!!!
    Saska, Jr e Luiz Antonio!

    • daisydalberto disse:

      Ta brincando, Saska! Nem sabia que vc teve essa fase pintora. Saska, estamos em Amsterdam agora, amanha, dia 29, pretendemos visitar o museu do rembrandt, e eu descobri que a mulher da vida dele, que fez ele se tornar rico e famoso se chamava Saskia, sabia? Viu que massa! E o chá de bebe do Luis Antonio? Beijao

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s