La Serenissima

Quando estávamos fazendo o roteiro da viagem, eu insisti em conhecer Veneza. Afinal, uma cidade tão exótica e que corre o risco de deixar de existir (por causa do aquecimento global, enfim…), precisava ser visitada. Veneza é, sem dúvida, um dos lugares mais lindos, singulares e interessantes em que já estivemos.

Pegamos 2 dias de tempo nublado na cidade, o que foi uma pena, pois tudo ficaria ainda mais lindo com sol. Mas, como o Caio já me havia dito anteriormente, chove muito em Veneza, então, foi uma sorte não pegar chuva. Não andamos de gôndola, o que realmente pareceu muito romântico. Mas é categoricamente um passeio para turistas, dispostos a pagar o preço. Nós preferimos se perder pelos labirintos de ruelas estreitas, pontes e becos e nos surpreender a cada esquina ao encontrar recantos lindos e paisagens dignas dos melhores sonhos europeus.

Isso é uma rua.

Isso também é uma rua, e tem até nome

Andamos algumas vezes de vaporetto pelo grande canal, e isso é uma experiência que recomendamos, pois você tem uma visão de dentro dos canais para os casarões que os margeiam. Lindas construções históricas, pitorescas e com os “pésinhos na água”.


Outras coisas interessantes que vimos, ao andar pelas ruelas, foram lojas de máscaras e fantasias do carnaval de Veneza, muitas lojas que vendiam cristais de murano muitos falsificados e outras com doces maravilhosos na vitrine.

Visita a Piazza San Marco, e subida no Campanário da Basílica de San Marcos – só eu subi, pois o Caio já havia subido na visita anterior dele à cidade – e de lá consegui fazer umas fotos estilo paparazzi dele… A vista de lá vale muito a pena, dá pra ver Veneza inteira, as ilhas ao redor e o continente.


Outras coisas singelas que me fazem lembrar da cidade/ilha:
– O sino da igreja próxima ao hotel, que tocava pontualmente de 1 em 1 hora, todas as badaladas referente àquela hora.
– Água do canal que inundava parte da recepção do hotel
– O janelão de uns 2,5 metros de altura do nosso quarto.
– Boutiques de marcas famozérrimas (Ferrari, Gucci, Dolce & Gabbana)

E gente, pode ser que era por causa do tempo sem sol, mas não senti nenhum cheiro ruim no ar, como já ouvi falar. Tenho só mais uma coisa a dizer: saudades de Veneza…

2 comentários sobre “La Serenissima

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s