St-Malo, vista do pier

Em território francês, começando pela Bretanha – St. Malo

{13 de abril de 2012}

Nossa viagem de 7 dias pela França começou em St. Malo no dia 13 de abril, e continuou pelas cidades de Dinan e Mont Saint-Michel nesse mesmo dia.

Foi uma verdadeira viagem a idade medieval. O porto onde desembarcamos do Ferry era em St. Malo. Ali também pegaríamos o carro que alugamos. O carro também foi outra grande boa surpresa. Pela reserva, iríamos pegar um Renault Laguna ou similar. Um sedan, intermediário, econômico e grande o suficiente para nossa bagagem. Mas quando recebemos a chave se tratava de um Opel Insignia – um carro com características de carro de luxo, mas com preço razoável (menos no Brasil). Conforto garantido em toda a nossa viagem.

St. Malo teve sua origem monástica, por volta do séc. 6, e daí o originou a Ville Intra-Muros, como é conhecida a parte histórica e turística da cidade. Ficou conhecida como a casa dos corsários e piratas, que não só cobravam tributos de navios britanicos que navegassem pelo Canal, como também navegaram para outras regiões do globo, pilhando suas riquezas, como o Canadá e as Ilhas Falklands (conhecidas também como Ilhas Malvinas).

Depois de pegarmos o carro e fazermos um brunch, fomos conhecer a parte histórica de St. Malo. Uma cidade fortificada na região da Bretanha, cujos muros formam um lindo limitador entre o mar e o continente. A cidade é quase toda formada por ruelas estreitas e prédios construídos com granito cinza, de até 6 andares, com seus telhados de ardósia cobertos de musgos dourados e mansardas. A arquitetura lembra bastante a de paris, mas é tudo mais cor de pedra, marrom, cinza, que contrasta com a linda cor do mar logo em frente. Muitas lojinhas de souvenirs e cafés tomam conta da cidade, assim como restaurantes cuja especialidade é frutos do mar. Pelo tempo disponível, não nos aventuramos muito pelo interior da cidade, ao contrário, preferimos suas muralhas largas e seu pier: cujas vistas são maravilhosamente únicas. Uma das coisas que me chamou a atenção foi a transparência da água do mar, tendo em vista que se trata de uma região portuária.

St. Malo é uma cidade bela e com características únicas que valem a pena uma visita. Se o tempo for curto, não há necessidade de dormir no local, já que algumas horas pela cidade já rendem uma ótima visita.

*-*

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s