Le Mont Saint-Michel

Le célèbre Mont Saint-Michel

{13 de abril de 2012}

Já cansados de tanta caminhada, mas ainda dispostos a conhecer um dos lugares mais visitados da França, além de Paris, seguimos para o Mont Saint-Michel. E finalmente vi ao vivo aquela ilha incrivelmente bela pela qual tanto ansiava. Como essa região é bastante plana, a ilha montanhosa se vê ao longe. E ao contrário do que se vê na maioria dos posters e materiais turísticos, ela não está totalmente cercada de água. Não sei se foi a época do ano, algum outro efeito climático, ou simplesmente, falta de água, mas a maré não subiu a ponto de alagar o estacionamento, como li em diversos lugares. E olha que ficamos lá durante um bom tempo, inclusive no horário da suposta maré.

Mt. Saint-Michel é um lugar imperdível para se conhecer. Vê-la de fora é mais interessante que lá dentro, que é apinhado de turistas e lojas de souvenir. Ainda assim, dá pra perder horas andando na vilazinha da ilhota, cujas casas tem centenas de anos e mantém o estilo medieval. O ponto culminante é a igreja e o monastério, que dessa vez abrimos mão. Pelo horário da nossa visita, achamos que não valeria a pena o investimento. Fora o monastério, andamos por cada passagem da ilhota e acho que conseguimos ver tudo que tinha por lá, inclusive alguns gatos e algumas excursões de turistas pelo terreno alagadiço, com as pernas sujas até o joelho (quem faz?).

Sobre o Mont Saint-Michel, aí vai um pouquinho da história do lugar, via wikipédia:

Crê-se que a história da abadia do monte Saint-Michel remonte a 708, quando Aubert, bispo de Avranches, mandou construir no monte Tombe um santuário em honra a São Miguel Arcanjo (Saint-Michel). No século X os monges beneditinos instalaram-se na abadia e uma pequena vila foi-se formando aos seus pés. Durante a Guerra dos Cem Anos, entre França e Inglaterra, o Monte Saint-Michel foi uma fortaleza inexpugnável, resistindo a todas as tentativas inglesas de tomá-la e constituindo-se, assim, em símbolo da identidade nacional francesa. Após a dissolução da ordens religiosas ditadas pela Revolução Francesa de 1789 até 1863 o Monte foi utilizado como prisão. Declarado monumento histórico em 1987, o sítio figura desde 1979 na lista do Patrimônio Mundial da UNESCO.

Saímos de lá quando as lojas já estavam quase todas fechadas, depois das 18 horas, e pensamos em voltar mais tarde para ver o Monte a noite. Estávamos exaustos e famintos, passamos primeiro num mercadinho para comprar umas coisas e fazer uma noite de queijos e vinhos, dali partimos para nosso B&B, Au Bon Accueil. O B&B foi uma das melhores opções de hospedagem da viagem, atendidos pelos acolhedor casal de ingleses Paul e Jane, que nos receberam com café e chá inglês, ótimas indicações de passeios para o dia seguinte e um caloroso quadro escrito a giz nos dando as boas vindas e com a seguinte frase: “Here you find no strangers, meet friends you didn’t know yet.” – “Aqui você não encontra estranhos, encontra amigos que você ainda não conhecia.”

Antes do nosso jantar de queijos e vinhos, acompanhado do planejamento para o dia seguinte (o Dia D) – que aliás, foi muito bem assessorado pela Jane e pelo Paul, – resolvemos dar uma voltinha a pé pelos arredores do nosso B&B, um lugarejo bucólico e com cheirinho de fogão a lenha no ar. É um desses lugares que você se sente acolhido, ao mesmo tempo que sente estar numa terra estranha. O sol estava se pondo no horizonte, e havia aquela neblina típica de fim de tarde no inverno litorâneo. Lá bem longe, ainda se avistava a ilhota histórica de forma cônica que acabávamos de visitar. Foi um lindo fim de dia para celebrar nosso primeiro dia no interior da França.

*-*

2 comentários sobre “Le célèbre Mont Saint-Michel

    • daisydalberto disse:

      Olá Victor, obrigada por sua presença aqui no blog. Ele fica no único caminho que vai até o Mont Saint Michel. Fica do lado direito para quem está indo. Exatamente o ponto eu não sei te dizer, mas se não me engano é mais no começo da estrada. E ele é visto de longe já. Encontrarás com facilidade. Ele é aberto para visitação.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s