O Dia D – 3/3

{14 de abril de 2012}

E finalmente, chegamos a Point Du Hoc. O local é um penhasco a beira mar, no forma de uma lança, acabou sendo local estratégico de defesa para os alemães, que já haviam ocupado a França, no período da Segunda Guerra Mundial. A esquerda desse local, está a praia de Utah, e a direita, a praia de Omaha Beach. Era uma área extremamente fortificada, com diversas casamatas e locais de armazenamento de artilharia pesada, principalmente canhões.

Vista aérea de Point du Hoc. Pointe du Hoc. Omaha Beach, pocked by D-Day bombardment. On June 6th. 1944, five Normandy beaches were stormed by British, Canadian and American troops to free Europe from the German occupation. Ever since, each year on June 6th, Normandy coast lures veterans and pilgrims. (Ph: Alexandra BOULAT)

No Dia D, o local foi atacado pelas tropas aliadas, que chegaram em 3 frentes: pelo mar, através de disparos de canhões dos navios, pelo ar, através de bombardeiros, e por terra, com soldados escalando as falésias que circundam a área. O resultado disso é uma área semelhante ao solo lunar: repleto de crateras profundas.

Foto tirada da área sendo bombardeada no Dia D.

As crateras e os restos das construções são de deixar qualquer um alucinado. Principalmente para quem curte a história da Segunda Guerra Mundial. Nossa reação foi de euforia a cada cratera encontrada, nem o vento gelado e constante tirou nossa empolgação. É um local onde o Dia D permanece muito vivo e memorável, com certeza vale a pena ser visitado.

Primeiras crateras na entrada do local.

Vista parcial da entrada

Uma das maiores crateras encontradas, logo no começo da visita.Uma das casamatas DSC_0192 Por dentro da casamata. Ruinas Várias crateras Ruínas Um dos locais mais legais. Ali ficava um dos canhões alemães. Essa construção fica na ponta mais extrema, possivelmente usado também por soldados com metralhadoras e coisas do gênero. Praia de Omaha Beach Praia de Utah Beach Ruínas Evandro está ali no meio, dá pra ver?

Atualmente, Point du Hoc pertence ao governo americano. Que o mantém muito bonito e super bem cuidado. Ficamos admirados.

Vista geral da área. A falésia e ponto extremo do Point du HocVista do terreno.

E com essa visita, terminamos o dia D na Normandia. Ficou devendo o Cemitério Americano, que visitamos no dia seguinte, antes de pegar a estrada novamente.

4 comentários sobre “O Dia D – 3/3

  1. vanessa disse:

    Olá! Muito bacana o blog. Gostaria de saber se alugando carro em Paris, saindo cedo, daria pra ir até Caen (praias do desembarque) e seguir para Saint Malo. Qual seria o tempo médio da viagem? Teria que estar em St Malo até às 16h. Para dirigir na França é necessário a carteira internacional? Se puder ajuda, muito obrigada,

    • daisydalberto disse:

      Olá Vanessa, obrigada.
      Ficamos felizes em ajudar sim. Só peço desculpas pela demora na resposta. Espero que ainda esteja em tempo.
      Sobre sua primeira pergunta: dar até dá, mas vai ficar super corrido. Talvez, se você visitar somente uma das praias do desembarque, aí pode ser que seja viável, mas é bem possível que acabe atrasando a sua chegada em St. Malo. A não ser que vc saia de madrugada de Paris. As estradas da França são muito boas, e até chegar a Caen vc vai pelas auto estradas, que são relativamente rápidas. Mas ao chegar em Caen, para chegar nas praias, você pegará estradas secundárias e do interior, é impressindível o GPS, ok? Para dirigir na França é necessário carteira internacional sim, basta você se dirigir ao Detran da sua cidade e pagar uma taxa. Quanto ao tempo médio de viagem, eu não consigo te dar uma previsão, pois nosso trajeto foi todo picadinho, levamos praticamente 4 dias para ir de St. Malo até Paris, mas lógico, visitamos diversas coisas pelo caminho. Eu te sugiro ver esse trajeto pelo Google Maps, que vai ter dar uma estimativa de tempo e quilometragem mais precisos. Já vi que várias pessoas fazem bate e volta de Paris até St. Michel (que fica mais ou menos próximo a St. Malo), então acredito que dê pra fazer esse trajeto sim, só que, como falei, pode ser que seja bem corrido e não dê pra aproveitar muito de Caen e suas praias do dia D.
      Esperamos que dê tudo certo e você aproveite muito sua viagem.🙂

  2. Victor de Almeida Cardoso disse:

    Olá, tudo bem?
    Farei essa viagem pela Normandia agora em Junho e estou com certa flexibilidade na programação: a princípio tenho 4 dias completos para fazer o trecho começando lá em Etretat e terminando em Saint Malo/Saint Michel, porém consigo adicionar mais um pedacinho de um dia anterior a esse trecho (sairia de Paris no meio de um dia, conheceria o Jardim de Monet no caminho e acredito que estaria saindo de lá entre 16hs e 17 hs. À noite já daria para fazer Honfleur ou Etretat e então teria 4 dias completos em seguida). Minha dúvida é quanto tempo é necessário para fazer tudo que quero fazer, que seria nessa ordem: Etretat, Honfleur, talvez Deauville e Treauville-sur-mer (este não é prioridade, somente se tiver tempo), Caen (somente o museu/memorial), as principais atrações da praia do Dia D (Omaha, Utah, Gold, Pointe du Hoc, Cemitério americano e os pequenos museus que tem por ali), passar uma noite em Saint Michel e finalizar conhecendo Saint Malo. Sei que gosto é muito pessoal, mas você que fez uma viagem bem parecida, o que diria? É mais para servir como referência mesmo.
    Obrigado!
    Victor

    • daisydalberto disse:

      Olá Victor. Ficamos gratos com seu comentário e seu interesse em nos consultar. Olha, não fomos à essas cidades que você mencionou (Honfleur, Deauville e Treauville-sur-mer), mas pelo que pesquisei rapidamente, são cidades realmente lindas e possivelmente eu incluiria no nosso roteiro original para a visita. Sobre tempo, Etretat você consegue visitar em umas 2 horas (se quiser só ver os penhascos mesmo). Separe um dia inteiro para visitar as praias do Dia D, Point du Hoc, Cemitério Americano e os pequenos museus. O Memorial de Caen levamos quase 2 horas, fomos pela manhã. Então, eu acho que não dá pra fazer tudo de Caen num dia, pois acho meio corrido, nós levamos 1 dia e meio e não conseguimos ir em todos os pequenos museu pelo caminho, só em 1 deles. Atente-se aos horários, Cemitério Americano fecha as 17 horas, assim como os museus todos, inclusive Point du Hoc (tem uma recepção, naquele dia ainda conseguimos entrar, mesmo com a recepção fechada, mas pode ser que eles fechem a área, é bom se informar). Poderia deixar as praias para o final do dia, já que será verão e anoitece mais tarde. Saint Michel e Saint Malo conseguimos fazer no mesmo dia. Sendo assim, creio que dá para fazer boa parte do seu roteiro, mas te garanto que os locais do Dia D são realmente impressionantes, se você gosta do assunto Segunda Guerra Mundial, não vai se arrepender de investir mais tempo por ali, além disso, como citei nos textos, em cada estradinha você encontra vestígios militares. Não sei se te ajudei na resposta, fiquei à vontade se tiver mais alguma dúvida, ok?
      No mais, muito boa viagem e aproveite a beleza da região.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s