DSC_1813

Urubici, terceiro dia

{5 de agosto de 2012}

No dia seguinte fomos a um lugar que poucos devem visitar em Urubici, mas nós ficamos curiosos, eram as Cavernas dos Bugres. O local fica numa fazenda particular, tem que pagar uma pequena taxa para entrar. E você visita um local que parece uma colina no meio de umas árvores, você entra por uma das entradas por baixo dessa colina e lá dentro existem diversos caminhos que se cruzam e diversas salas um pouco mais ampla. Como se fosse uma toca de coelho, ou um formigueiro…  É bem divertido, se era realmente dos índios, ou se existiam mesmo moradores humanos ali alguma vez na história da humanidade, não sabemos dizer. Dizem que sim, mas a história a respeito é restrita…

IMG_0506 IMG_0505 IMG_0504 IMG_0503

A Caverna dos Bugres:

DSC_1803DSC_1791 DSC_1794  DSCN8192 DSCN8198

DSCN8199

O lugar é bem escuro por dentro e super úmido, por isso, é importante ter alguma fonte de luz, uma lanterna ou mesmo o celular… e cuidado com as mãos nas paredes, olha o que só vimos depois de ver as fotos num computador, uma mega aranha ou outro inseto, bem ao alcançe das mãos… O acesso ao local é um pouco difícil, e infraestrutura para o turismo é praticamente inexistente.

DSCN8186

Dali existia uma estradinha subindo as montanhas, e meu irmão se informou com o proprietário onde ela levava. Ele disse que daria acesso ao Campo dos Padres, outro ponto famoso de Urubici. É um imenso planalto na Serra Geral, e ficamos empolgados em ir até lá. Sei que andamos por ela, em subida, por uma estrada bem ruim (estávamos com o Troller dele), durante uma meia hora, com muitas paisagens lindas pelo caminho. Mas a verdade é que chegamos em um portão trancado com cadeado, que não permitia mais seguir adiante. Frustrados, voltamos… – pelo que pesquisei depois, para chegar até o Campo dos Padres, os únicos acesso são por trilhas, a pé, ou a cavalo, carros não chegam… Quem sabe até visualizamos ele pelo caminho, do outro lado do vale, mas por não saber ao certo como identificar, não percebemos.

DSCN8228 DSCN8241DSCN8240

Esse é para ser o Campo dos Padres.
Fantástico, não?
Fotos via Rafael Santiago.

IMG_1129 IMG_1403

 

Esse foi o último passeio em Urubici, dali partimos em direção à Serra do Rio do Rastro. Passamos por cidadezinhas pequenas mas bem famosas por suas baixas temperaturas no inverno: São Joaquim, Bom Jardim da Serra, Lauro Müeller… e ali paramos para almoçar em uma das diversas churrascarias que tem na estrada, foi uma ótima churrascaria por sinal, ambiente bonito, comida farta e deliciosa. E a vista do alto da Serra Geral aos arredores também valia a pena.

DSC_1804 DSC_1806 DSC_1809 DSC_1831IMG_0508

O dia estava com muito sol e céu azul, chegava a estar calor. Mas quando chegamos no mirante da Serra do Rio do Rastro, surpresa! As núvens estavam abaixo da Serra… parecia que chegamos num mirante para ver as núvens de cima. Não deu pra ver a Serra, nem toda a vista que ela proporciona, mas tivemos essa bela visão desse mar de núvens, que geralmente só se tem do avião.

DSC_1813

 

E assim é para ser a vista do mirante da Serra do Rio do Rastro sem essa “capa de núvens”:
Foto de Jaliene Dalberto.

Rio Grande 235

Descer a Serra do Rio do Rastro foi legal, mas a neblina acompanhou quase todo o trajeto, o que tirou um pouco da graça… vai ficar para uma próxima. Dali, foram mais umas 5 horas de viagem até chegar em casa.

DSC_1847

DSCN7890

Bye Bye Urubici…

Um comentário sobre “Urubici, terceiro dia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s