Valparaiso














A cidade é uma coisa totalmente louca.
Ruas que serpenteiam os morros, várias ruas que terminam do nada. Casas tortas, casas coloridas, muitas escadas. Alias a cidade parece ser construida sobre escadarias.
Nao existem quadras bem definidas nem ruas paralelas.
É um caos, mas isto gera uma beleza incrivel.
Cada rua e cada esquina é diferente da outra, parece que vc anda sob uma paisagem cubista onde tudo é exagerado, as cores, formas, até o caos.
Também aqui fizemos uma amizade canina. Um dos vários cachorros de ruas que ficam perambulando pela cidade recebendo agua e comida dos moradores, resolveu nos acompanhar por um longo passeio pela parte historica da cidade. Foi pelo menos 1 hora de um passeio muito bom e, pela razao do amigo canino, tambem com mais segurança, isto porque, como a maioria das cidades portuarias, Valparaiso nao é diferente, existe muita pobreza e pequenos furtos.

Um comentario especial para o B&B onde ficamos.
Ao chegarmos tinhamos reserva num hostel chamado Caracol, mas a reserva “sumiu”. Péssimo certo? Pior que nao foi. Fomos parar no Bed and Breakfest CAMILA 109.
Muito bom o lugar tocado pelo dono, o camarada super gente boa, Ulisses.
O quarto era maior que o meu apto, mas o principal era o deck. Uma vista simplesmente espetacular da cidade e de Viña del Mar. Algo que aproveitamos no ultimo dia com um ótimo vinho e um saco de pipocas para a Day. Noite espetacular!

Y gracias Ulisses.